sexta-feira, 15 de julho de 2011

Cachaça vai bem com tudo

Seção : Vale a pena ler de novo...


Cachaça vai bem com tudo
Publicada pela Revista Casa e Jardim
Citando o Mapa da Cachaça que nos fez lembrar desta ótima matéria.


Foi-se o tempo em que lugar bacana servia cachaça apenas na caipirinha. Considerada ótima para diversos tipos de pratos, de petiscos a receitas mais sofisticadas, em muitos restaurantes, a aguardente hoje pode ser escolhida a partir de uma carta, como já ocorria com os vinhos.

Leandro Batista
O técnico sensorial de bebidas e alimentos Renato Frascino (Revista Gourmet Life) conta que já criou várias para casas do Rio e de São Paulo. Alguns locais têm até sommelier de cachaça. Leandro Batista da Silva, do restaurante e cachaçaria Mocotó, na Vila Medeiros, zona Norte de São Paulo, é um, mas prefere o título de mestre alambiqueiro. “É uma bebida nobre e fascinante”, diz ele.

Basicamente, as cachaças são divididas em dois grupos: brancas e amarelas. As primeiras são ideais para abrir o apetite e devem ser tomadas geladas. As amarelas podem ser envelhecidas em diferentes madeiras, o que influencia seu sabor e suas características. As que passam por bálsamo, por exemplo, são mais leves do que as guardadas em carvalho. Leandro sugere uma sequência: “Comece com uma branca, siga comum a amarela envelhecida em umburana e termine com uma de carvalho. E deixe um espacinho para um licor de cachaça”.

Epecialistas costumam separar cachaça e pinga. A primeira seria de alambique, sem aditivos químicos; a segunda, feita industrialmente. “Cachaça boa não machuca o nariz, pois o aroma do álcool é bem casado com os outros”, diz Renato Frascino.

Renato Frascino

Renato Frascino recomenda tomar cachaça em um copo de cristal com haste. Na falta dele, num cálice de vinho. “Assim é possível perceber os aromas sutis”, diz. Mas aprecie a bebida sempre com moderação, já que ela tem alta gradação alcoólica (entre 38% e 48%).


Abaixo, um manual para curtir uma cachacinha.

Manual do bom bebedor

1-
Assim como se faz com o vinho, cheire antes de beber. Os aromas fazem parte do prazer.
2- Ao tomar o primeiro gole, encharque a boca e mantenha a cachaça sobre a língua por alguns instantes. Assim você será capaz de identificar e apreciar os diversos sabores que compõem a bebida.
3- Para acompanhar petiscos, como bolinho de bacalhau, torresmo, mandioca frita e costelinha de porco, vá de cachaça branca e gelada.
4- Caldinhos, como de feijão, abóbora ou mocotó, são pares perfeitos para a cachaça, branca ou amarela.
5- Ela combina com quase tudo, da feijoada a peixes, carnes, aves e vegetais. A branca é ideal com pratos leves; as amarelas, com os que levam pimenta e temperos fortes. E são ótimas como digestivo.
6- Segundo os especialistas, a única bebida alcoólica que pode acompanhar a aguardente de cana é a cerveja.
 
Gostou da matéria?
Então deixe seu parecer abaixo, comentários são bem vindos!

Texto Chantal Brissac

Nenhum comentário :

Postar um comentário