quarta-feira, 28 de setembro de 2011

Como apreciar uma boa cachaça


Uma taça de cristal, criada especialmente para degustar cachaça de qualidade. Requinte!

Alguns cuidados são fundamentais na escolha de uma cachaça de qualidade.
No livro Cachaça um amor brasileiro de Alessandra Garcia Trindade encontramos alguma dicas sobre o assunto, que reproduzo aqui neste post.

Aproveite-as em suas próximas degustações!

Características visuais


O primeiro passo é a análise de suas características visuais. A cachaça deve ser transparente e brilhante. Não deve conter nenhum tipo de substância sólida. As embalagens transparentes facilitam a análise visual da bebida.

É sempre importante ler o rótulo, que deve conter as principais informações, como o teor alcoólico, o nome do fabricante, o registro do produto no Ministério da Agricultura e, se for uma cachaça envelhecida, o tempo e a madeira de envelhecimento.

A oleosidade deverá ser analisada após a cachaça ser servida no copo. Ao girá-lo, levando a bebida até a borda, uma película oleosa deverá se formar nas paredes internas; essa película deverá escorrer, formando ondulações. Nas cachaças de qualidade, essas ondulações permanecem na parede do copo por um tempo maior. Quando há falta de oleosidade na bebida, ela escorre rapidamente pelas paredes do copo.


Características olfativas

Seu aroma deverá ser suave e delicado, sem traços agressivos. O aroma alcoólico não pode ser acentuado a ponto de impedir que se percebam os demais aromas.

O aroma frutado é proveniente da fermentação da cachaça. Ele predomina em bebidas novas ou com pouco tempo de armazenamento. Nas cachaças envelhecidas, em especial as que adquirem a tonalidade amarelada, o aroma deixa de ser frutado, predominando os componentes amadeirados dos tonéis.

O aroma frutado é proveniente da fermentação da cachaça. Ele predomina em bebidas novas ou com pouco tempo de armazenamento. Nas cachaças envelhecidas, em especial as que adquirem a tonalidade amarelada, o aroma deixa de ser frutado, predominando os componentes amadeirados dos tonéis.
O aroma avinagrado é um sinal de que a cachaça envelhecida contém excesso de acidez.

Características gustativas


Para análise das características gustativas, deve-se colocar um gole de cachaça na boca e movimentá-la de modo que atinja toda a extensão da língua e toda a parte interna da boca.

Na ponta da língua é sentido, principalmente, o gosto adocicado da bebida (proveniente do envelhecimento). A sensação de acidez é mais presente nas laterais da língua. A cachaça de qualidade possui níveis de acidez que não provocam "queimação desagradável" na língua. A sensação de acidez tende a se reduzir durante o envelhecimento da cachaça. Popularmente, é comum dizer que a bebida envelhecida é mais "aveludada".

Na região próxima à garganta é sentida uma leve sensação de amargor. O que confere amargor à bebida são alguns compostos extraídos da madeira. O amargor varia conforme o tipo de madeira (algumas nem conferem amargor).


Conheça Cachaças de qualidade aqui.

Aprecie com moderação!



*Post aberto a comentários.** Se você nos visitou, marque abaixo sua presença ... Obrigado!
[ ] Gostei [ ] Interessante [ ] Não Gostei

Nenhum comentário :

Postar um comentário