domingo, 14 de julho de 2013

... direto de Ilhéus ...




E uma nova cachaça chega aqui na loja, direto de Ilhéus - Bahia,
a Cachaça Rio do Engenho!


Produzida por Luiz Fernando Galletti nas proximidades do povoado do Rio do Engenho, que já foi sede de um grande engenho de açúcar pertencente a Mem de Sá, o terceiro Governador Geral do Brasil, leia aqui a história...

Para se ter uma cachaça de qualidade, Luiz Fernando controla rigorosamente todas as etapas de produção, desde o plantio da cana que é feito com mudas certificadas, garantindo maior rendimento e produtividade. A colheita é realizada manualmente, sem queima, e a cana é moída no mesmo dia do corte.

Utiliza a fermentação natural, sem aditivos químicos o que leva cerca de 24 horas para transformar o açúcar da cana em álcool etílico.
O processo de destilação explica, é separado em 3 partes: Cabeça, Coração e Cauda, e armazenam apenas a porção intermediária, que é a parte nobre do destilado (o Coração).
Quer saber por que a Cabeça e a Cauda são descartados?
A Cabeça corresponde aos 10% iniciais da destilação e é rica em aldeídos, que provocam a ressaca e a dor de cabeça e metanol que pode causar cegueira a longo prazo, e a Cauda é onde se concentram os produtos mais pesados como, furfuraldeído (causa do bafo), ácido acético e álcoois superiores.
O Coração, a Cachaça enfim, é rico em etanol e representa 80% do volume total da destilação, apresentando menor concentração de substâncias indesejáveis.


"É importante salientar que só se produz cachaça de qualidade se houver a preocupação com a higiene e pequenos detalhes na produção, além de fazer a separação das partes do destilado. Caso contrário, a cachaça, mesmo sendo de alambique, terá qualidade inferior, assim como as cachaças de Coluna (industriais), que por utilizarem o processo de destilação contínuo, são impossibilitadas de retirarem a Cauda e a Cabeça do produto que será engarrafado, não eliminando os componentes prejudiciais à saúde."

Com a finalidade de ter um bouquet único e refinado, as cachaças Rio do Engenho amarelas são armazenadas por períodos que variam de 6 meses a 03 anos, em tonéis de madeiras mistas, tornando-as macias e aveludadas.

Entre as cachaças produzidas pela Rio do Engenho está a Reserva que é armazenada por no mínimo 3 anos nas madeiras Umburana ou Amburana, Itiúba, Louro Canela e Bálsamo, ela foi eleita a 5ª melhor Cachaça Envelhecida pelo Ranking da Revista Vip em setembro de 2012.


Ficou com vontade de conhecer? 
Acesse nosso site ou nossa loja!

Aprecie com moderação e se beber não dirija!

Fonte : Cachaça Rio do Engenho

Nenhum comentário :

Postar um comentário